Onde tudo é tradição!
Quarta-feira, 27 de Julho de 2005
FONTE
pousaf_pessegueiro004.jpg

Ó fonte que estás chorando
Junto ao rio do Pessegueiro
Onde o rouxinol bebe
E depois vai p'ró loureiro!

1.
Que pitoresco lugar!
É obra da Natureza
Que encarregou a Beleza
Para o lugar adornar.
Não foi artista vulgar
Que te esteve preparando
Nem arquitecto mostrando
Ao vulgo, talentos seus.
És obra filha de Deus,
Ó fonte, que estás chorando

2.
Em noites de solidão
Quando eu em sonhos te vejo,
Eu louco, mando-te um beijo
Nas asas da viração.
Na noite de S. João
Toda és perfume e cheiro.
Com os cravos do craveiro
Fazem-te um arco, e com rosas
Há palavras amorosas
Junto ao rio do Pessegueiro

3.
Junto à torrente do rio
Formas sereno ribeiro
Que banha o Pessegueiro
Nas lindas noites de Estio.
O melro, com o assobio,
Dá-te aspecto mais alegre
Vem bafejar-te ao de leve
A brisa, que é tua amiga
Quando termina a cantiga
Onde o rouxinol bebe.

4.
Dos bosques, o trovador,
Em noites quentes, de prata,
Vem dar-te uma serenata
Em hinos cheios de amor.
Solta trinados sem dor
Pousadinho no loureiro,
É teu fiel companheiro
Nas horas de solidão,
Dá-te um beijinho ao serão
E depois vai p'ró loureiro

............
de: João Gonçalves (João do Lagar)
.........
Esta décima contém uma carga enorme de romantismo revelador de uma grande sensibilidade amorosa e comunhão com a Natureza. Poderá hoje ser um hino de qualquer grupo ecologista.


publicado por Mimosa às 03:27
link do artigo | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

30
31


artigos recentes

Bairrada fez a festa da T...

Revista Miradouro Fez um ...

Pouso a caneta e não escr...

De Sol a Sol

Arménio Rosa Medeiros ed...

A FONTE DO MURTAL

Ás&Bisca

FONTE

O RIO

À FONTE DO MURTAL

arquivos

Outubro 2006

Setembro 2006

Maio 2006

Março 2006

Agosto 2005

Julho 2005

Novembro 2004

links
Estamos cá!
blogs SAPO
subscrever feeds